IURD receberá 20 mil reais de indenização por matéria falsa sobre dízimo publicada no Diário.

IURD receberá 20 mil reais de indenização por matéria falsa sobre dízimo publicada no Diário.

(Reprodução/internet)
Fiquei Sabendo!  Segundo informações do portal Gospel Prime o jornal Diário de Sorocaba terá que pagar 20 mil reais de indenização a Igreja Universal do Reino de Deus por danos morais. 

O periódico publicou uma matéria com título: “Quem não paga dízimo à Universal pode ficar com o nome sujo no SPC” - o juiz Mario Gaiara Neta, da 3ª Vara Cível de Sorocaba, São Paulo, entendeu que o jornal faltou com a verdade.

A matéria dizia que os pastores poderiam denunciar os dizimistas que estivesse em atraso no Serviço de Proteção ao Crédito, o que faria com que o nome dessas pessoas ficasse restrito, popularmente chamado de “nome sujo”.

(Reprodução/Envelope do Dízimo)
A matéria em questão é antiga, circula em muitos sites da internet e a edição do jornal não teve o cuidado de apurar para saber se o fato era verídico. Por isso, a IURD alegou que a reportagem rendeu prejuízos à sua honra e imagem e também se defendeu dizendo que a matéria era falsa e tendenciosa por dizer que a assistência espiritual oferecida pelo ministério fundado por bispo Edir Macedo tem fins lucrativos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vá em layout > adicionar um gadget > HTML/Javascript e cole esse código: